Pesquisar este blog

terça-feira, 29 de junho de 2010

Você é feliz?

Muitas pessoas são felizes e não sabem.


O filósofo que discutiu a questão da felicidade foi Epicuro (341 a.C-270 a.C) ele acreditava que os caminhos para se tornar uma pessoa feliz eram dois: a saúde do corpo e a serenidade do espírito.

A humanidade transfere a ideia de felicidade a valores materiais. Acredita-se que quem muito tem muito se é feliz. Ou que se acabaria a tristeza de alguém ganhando dinheiro.

O dinheiro é muito importante, realmente, abre caminhos, as pessoas passam a respeitar mais quem muito tem. Sem falar do poder que se adquire perante as outras pessoas em várias ocasiões.


Outro filósofo que pensava diferente foi Sócrates, este acreditava que a felicidade viria da capacidade humana de suportar a dor e o sofrimento.

Sou curiosa na filosofia budista, quando pregam que a felicidade é a busca do desapego aos bens materiais, ao invés de satisfazer um desejo, o homem se torna feliz quando consegue limitar e suportar. Essa ideia transfere um valor próprio pelo controle e disciplina no pensamento.

Aristóteles afirmava que a felicidade é algo que se atinge pelo exercício da virtude, e não da posse. É interessante a compreensão de um certo disciplinamento ético.

Outros pensadores refletem o assunto magnificamente: Augusto Cury , Carlos Drumond de Andrade ...

Na visão cristã, ninguém encontrará a felicidade neste mundo. "No mundo teremos aflições..."
só encontraremos após a salvação.

A felicidade é mesmo uma finulia...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo!

Seja Bem Vindo!
Volte sempre!