Pesquisar este blog

Prática Pedagógica

2013

O T M
ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS
CURSO NORMAL MÉDIO
NÚCLEO DE FORMAÇÃO – PRÁTICA
Análise do Componente Curricular
PRÁTICA PEDAGÓGICA
ANO: 1º
UNIDADE : 1
EMENTA; Estudo da prática educacional escolar. Formas de organização e gestão. Aspectos legislativos. Condições do Trabalho Educativo. Processos de Construção do sucesso e fracasso escolar. Evasão. História da Escola.
OBJETO DE ESTUDO: O espaço de aprendizagem e de inserção profissional.
OBJETIVOS: Compreender o componente curricular; Prática Pedagógica; Aproximar o discente com o espaço de profissionalização; Desenvolver atitudes de pesquisa e do professor pesquisador.
EIXO INTEGRADOR; Educação escolar, a escola enquanto instituição social, a escola e a realidade brasileira.

ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS

1.    O componente Prática Pedagógica
·         Estudo do componente Prát. Pedagógica.
·         Concepções, requisitos, importância; concepção de estágio x prática
2.    A educação Escolar-
·           Definição das Escolas Campo de Estudo
·           Orientação de como adentrar na escola (1º contato)
·           Estudo para realização de observação etnográfica a partir de orientações prévias;
·           Desenvolvimento de atitudes de pesquisa e do professor-pesquisador;
·           Reconhecimento da importância da  utilização da Ética no compromisso assumido com a escola, futuro espaço de exercício profissional;
·           Socialização da primeira impressão sobre a escola;
·           Iniciação aos procedimentos de Pesquisa ; leitura e compreensão.
·           Orientação do Relatório Parcial, anunciando as dúvidas e possíveis problemas identificados que mereçam aprofundamentos.

AVALIAÇÃO: Processual; Elaboração e re-elaboração de Relatórios parcial e final. Socialização – Participação individual nos seminários temáticos. – Produção escrita individual e coletiva, e auto-avaliação.


ANO: 1º
UNIDADE : 2
OBJETIVOS: Conhecer e analisar a realidade do espaço de exercício profissional. ( escola campo de estudo)
ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS
1.    Conhecendo a Escola-Campo de Estudo.
·         Conhecimento da História da Escola campo de estudo; do seu entorno; e da comunidade;
·         Socialização das idas e vindas da Escola campo de estudo articulando o observado/vivido com os aspectos teóricos estudados;
·         Reflexão sobre O que é a Escola? O que é uma Escola? O que é uma escola Pública?
·         Compreensão da Função social da Escola;
·         Realização de Entrevistas ou questionários com as pessoas da comunidade;
·         Sistematização das Entrevistas.
·         Análise dos problemas detectados durante as observações e socializados no grupo;
·         Orientação para elaboração do Relatório parcial.

AVALIAÇÃO: Processual; Elaboração e re-elaboração de Relatórios parcial e final. Socialização – Participação individual nos seminários temáticos. – Produção escrita individual e coletiva, e auto-avaliação.

ANO: 1º
UNIDADE :3
OBJETIVOS: Conhecer a realidade do espaço de exercício profissional.
ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS
2.    Estrutura e Organização da Escola.
·          Conhecimento da Estrutura Interna: física, organizativa;
·         Compreensão dos aspectos da legislação que estruturam a escola.
·         Os que fazem a escola: Direção/ Coordenação / professores/aluno secretaria/ pessoal que auxiliam a administração;
·         Estudo do processo de construção do sucesso / fracasso escolar;
·         Identificação das causas e conseqüências da Evasão Escolar;
·         Amadurecimento do problema identificado e/ou tema para construção do projeto de intervenção da prática pedagógica.
·         Orientações sobre a Elaboração do Relatório Parcial e do Projeto de Intervenção da Prática Pedagógica.

AVALIAÇÃO: Processual; Elaboração e re-elaboração de Relatórios parcial e final. Socialização – Participação individual nos seminários temáticos. Produção escrita individual e coletiva, e auto-avaliação.

ANO: 1º
UNIDADE :4
OBJETIVOS: Conhecer e analisar a realidade do espaço de exercício profissional
ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS
1.    Estrutura e Organização da Escola:
·         A gestão na Escola.
·         Reconhecimento do tipo de gestão da escola;
·         Realização de Entrevistas com gestores/coordenador-professores e   estudantes;
·         Relacionamento destes com a comunidade (pais/ e estudantes )
·         Identificação das condições do Trabalho Educativo.
·         Leitura e compreensão do Projeto Político Pedagógico;
·         Verificação da existência de articulação dos Projetos Escolares com PPP.
·         Elaboração Final do Projeto de Intervenção da Prática- Pedagógica.
·         Conhecimento de formas de se organizar reuniões pedagógicas, conselhos de classe, reuniões de pais e mestres, trabalhos comunitários;
·         Orientação s/ elaboração do Relatório Final, confrontando com os estudos sobre a realidade educacional brasileira.

AVALIAÇÃO: Processual; Elaboração e re-elaboração de Relatórios parcial e final. Socialização – Participação individual nos seminários temáticos. – Produção escrita individual e coletiva, e auto-avaliação

2º Ano

Análise do Componente Curricular: Prática Pedagógica
EMENTA; Estudo da prática pedagógica na sala de aula. Formas de organização, sistematização e dinâmica da aula na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Intervenção Pedagógica.
OBJETO DE ESTUDO: As diferentes relações no interior da sala de aula.
EIXO INTEGRADOR; A sala de aula enquanto espaço de interação, construção e produção de saberes e práticas.
ANO: 2º                                                                                
UNIDADE : 1
OBJETIVOS: Aproximar o discente com a sala de aula. Analisar as diferentes relações no interior da sala de aula de Educação Infantil.

ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS;

 1.  Intervenção da Prática Pedagógica. Submissão à Equipe técnico-pedagógica  da escola campo de estudo e a docente  da Prática Pedagógica o projeto. (1)
2. A sala de aula da Educação Infantil. Conhecimento do Histórico da Educ. Infantil. Orientação s/ observações: das relações interpessoais na sala de aula; da dinâmica, planejamento, rotina, espaço, tempo, normas, recreio, disciplina;
3.  Do Cuidar e Educar na Educação Infantil. Conhecimento da  sistemática de se lidar com:  a adaptação, hora do banho, brincadeiras, mordidas, controle dos esfíncteres, etc
·         Observação das formas de sistematização do saber-fazer docente atentando para as especificidades da  Educação Infantil. Estrutura, organização e sistematização do processo de ensino-aprendizagem;  
·         Reconhecimento das formas de Avaliar na Educação Infantil; 
·         Socialização do cotidiano observado, analisado a partir do embasamento teórico que fundamentou as observações; 
·         Orientação sobre a Elaboração do Relatório Parcial.
3.    Construção do Projeto de Intervenção.
·         Elaboração do Projeto de Intervenção didático pedagógica (2), (PIDP) observando plano de aula, tempo pedagógico, trabalho individual e coletivo, material de apoio, textos; temática, nível da turma. 

AVALIAÇÃO: Processual; Elaboração e re-elaboração de relatórios. Planejamento e vivência do projeto de Intervenção. Considerar a avaliação da professora do Espaço de profissionalização. Auto-avaliação.

ANO: 2º
UNIDADE : 2
OBJETIVOS: Aproximar o discente com a sala de aula. Analisar as diferentes relações no interior da sala de aula do Ensino Fundamental. Estabelecer conexões entre a dinâmica escolar e a sala de aula.
ORIENTAÇÕES TEÓRICAS METODOLÓGICAS

1. Projeto de Intervenção da Prática Pedagógica. Iniciação da Vivência do projeto (1)
2. A sala de aula nos anos iniciais do Ensino. Fundamental.·         Conhecimento do Histórico do Ensino. Fundamental.
·         Orientação s/ observações:
o   das relações interpessoais na sala de aula;
o   da dinâmica, rotina e formas de sistematização do saber-fazer docente atentando para as especificidades dos anos iniciais do Ensino Fundamental;
·         Reconhecimento das formas de Avaliar  no Ensino Fundamental;
·         Socialização do cotidiano observado,
·         Análise do observado a partir do embasamento teórico que fundamentou as observações;
·         Orientação sobre os elementos constitutivos do Projeto de Intervenção Didático Pedagógica.
·         Elaboração do Relatório Parcial

Avaliação: Processual; Elaboração e re-elaboração de relatórios. Planejamento e vivência do projeto de Intervenção. Considerar a avaliação da professora do. Espaço de profissionalização. Auto-avaliação.

ANO 2
UNIDADE: 3
OBJETIVOS:  Analisar as diferentes relações no interior da sala de aula do Ensino Fundamental. Construir o projeto de Intervenção didático-pedagógica na escola. Estabelecer conexões entre a dinâmica escolar e a sala de aula

ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS

1.    Projeto de Intervenção da Prática- pedagógica.
·         Continuação da Vivência do projeto      (1)
2.    Construção do Projeto de Intervenção didático-pedagógico.(2)
·         Elaboração do Projeto de Intervenção didático-pedagógica, observando os elementos constitutivos:
o   Plano de aula, tempo pedagógico;
o   Material de apoio, textos;
o   Temática, nível da turma;
o   Trabalho individual e coletivo,
·         Apreciação do Projeto de Intervenção didático-pedagógica a docente da Prática Pedagógica.
·         Elaboração do Relatório Parcial

Avaliação:      Processual; Elaboração e re-elaboração de relatórios. Planejamento e vivência do projeto de Intervenção. Considerar a avaliação da professora do. Espaço de profissionalização. Auto-avaliação

ANO: 2º
UNIDADE : 4
OBJETIVOS: Estabelecer conexões entre a dinâmica escolar e a sala de aula. Articular elementos teóricos e práticos vivenciados sem perder de vista a dinâmica escolar. Vivenciar o projeto de Intervenção didático-pedagógica na escola.
ORIENTAÇÕES TEÓRICAS METODOLÓGICAS

1.    Projeto de Intervenção da Prática- pedagógica.
·          Continuação da Vivência do Projeto (1)
2.    Vivência do Projeto de Intervenção didático-pedagógica.(2)
·         Na Educação Infantil (creches e ou séries iniciais)
·         No Ensino Fundamental (1º ciclo ou 1ª e 2ª séries)
3.    Elaboração do Relatório Final,
·         atentando para as dificuldades percebidas na construção da sua prática discente/docente, (dúvidas; esclarecimentos; aprofundamentos; lacunas encontradas);
·         necessárias ao exercício da docência, tendo em vista o processo de  da  reflexão sobre a construção da sua própria prática.
4. Identificação de elementos significativos para estudos no próximo ano.

 Avaliação: Processual; Elaboração e re-elaboração de relatórios. Planejamento e vivência do projeto de Intervenção. Considerar a avaliação da professora do. Espaço de profissionalização. Auto-avaliação

3º Ano
Análise do Componente Curricular: Prática Pedagógica
EMENTA: Estudo da prática pedagógica da sala de aula Especificidade dos saberes e competências do profissional na Ed. Inf. e nos anos iniciais do Ens. Fundamental. O Trabalho Pedagógico.  O Currículo da Edu. Infantil e do Ens. Fundamental. Vivência do Projeto de Intervenção.
OBJETO DE ESTUDO: Os saberes e competências necessários ao exercício da prática docente.
EIXO INTEGRADOR; A organização do Ensino e do trabalho escolar
ANO: 3º
UNIDADE; 1
OBJETIVOS: Aprofundar a aproximação do discente com a sala de aula. Refletir sobre o processo de ensino aprendizagem desenvolvido nos seguimentos estudados e sua articulação com a teoria que o referenda

ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS

1.    Projeto de Intervenção da Prática- pedagógica 
·         Continuação da Vivência do Projeto de Intervenção da Prática Pedagógica.
2.    A Organização do Trabalho Pedagógico.
·         Identificação de processos de ensino-aprendizagem da Educação Infantil;
·         Conhecimento do Trabalho Pedagógico (elementos estruturantes);
·         Caracterização da sala de aula, observando as relações interpessoais a sua articulação com os saberes e processos de ensino-aprendizagem, agora analisando-os à luz da vivência anterior e dos fundamentos teóricos estudados;
·         Reconhecimento de diferentes formas de avaliação na Educação Infantil (analisando a coerência entre os saberes e processos de ensino-aprendizagem, as estratégias das aulas e os nexos entre as mesmas );
·         Conhecimento das especificidades do trabalho pedagógico na Educação Infantil (saberes e prática);
·         Compreensão das particularidades do Currículo da Educação Infantil e sua aplicação no contexto da sala de aula.
·         Reflexão sobre a sala de aula enquanto momento de produção e construção de saberes e intervenção pedagógica numa perspectiva de apreensão dos saberes da docência na Educação Infantil.
3.    Estruturação dos projetos de Intervenção para turmas da Educação Infantil cuidando da seleção de: conteúdos, dinâmicas, o tempo pedagógico, multimeios.
Avaliação: Processual; Elaboração e re-elaboração de relatórios. Planejamento e vivência do projeto de Intervenção. Considerar a avaliação da professora do. Espaço de profissionalização. Auto-avaliação

ANO: 3º
UNIDADE : 2
OBJETIVOS: Expressar o conhecimento dos saberes docentes no planejamento do trabalho pedagógico, na estruturação do projeto de intervenção didático pedagógico. . Selecionar conteúdos necessários e pertinentes ao seu projeto de intervenção considerando a unidade e respeitando o processo de construção de saberes.

ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS;1

1. A Organização do Trabalho Pedagógico
·         Identificação de processos de ensino-aprendizagem no Ensino Fundamental;
·         Conhecimento do Trabalho Pedagógico (elementos estruturantes)
·         Caracterização da sala de aula, observando as relações interpessoais a sua articulação com os saberes e processos de ensino/aprendizagem, agora analisando-os à luz da vivência anterior e dos fundamentos teóricos estudados.
·         Reconhecimento de diferentes formas de avaliação no Ensino Fundamental (analisando a coerência entre os saberes e processos de ensino-aprendizagem, as estratégias das aulas e os nexos entre as mesmas)
·         Conhecimento das especificidades do trabalho pedagógico no  Ensino Fundamental (saberes e prática)
·         Compreender as particularidades do Currículo do Ensino Fundamental e sua aplicação no contexto da sala de aula.
·         Reflexão sobre a sala de aula enquanto momento de produção e construção de saberes e intervenção pedagógica numa perspectiva de apreensão dos saberes da docência no Ensino Fundamental.
·         Estruturar os projetos de Intervenção ( para turmas de 2º Ciclo )
·         Selecionar conteúdos, dinâmicas, o tempo  pedagógico, multimeios, enfim, estruturar o trabalho pedagógico.

Avaliação: Processual; Elaboração e re-elaboração de relatórios. Planejamento e vivência do projeto de Intervenção. Considerar a avaliação da professora do. Espaço de profissionalização. Auto-avaliação

ANO: 3º
UNIDADE : 3
OBJETIVOS: Vivenciar o projeto de Intervenção didático pedagógica estabelecendo conexões entre a dinâmica escolar e a sala de aula.

ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS;

1.    Vivência do Projeto de Intervenção didático-pedagógica
• Na Educação Infantil (Nas séries finais)
• No Ensino Fundamental; (2º ciclo )
• Socialização das Intervenções
• Elaboração do Relatório Parcial,

Avaliação. Processual. Elaboração e re-elaboração de relatórios. Planejamento e vivência do projeto de Intervenção. Considerar a avaliação da professora do. Espaço de profissionalização. Auto-avaliação.

ANO: 3º
UNIDADE : 4
OBJETIVOS: Avaliar o Projeto de Intervenção da Prática Pedagógica utilizando como critério os objetivos propostos inicialmente no projeto. Avaliar o Projeto de Intervenção Didático Pedagógico, e a intervenção dos professores em formação, tendo como foco a construção dos saberes da docência.

ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS;

1.    Avaliação do Projeto de Intervenção das Práticas
·         Avaliação do Projeto de Intervenção da Prática Pedagógica vivenciados na Escola Campo. (pela Equipe técnico-pedagógica e docente da escola campo de estudo e a docente da Prática Pedagógica.)
·         Avaliação do Projeto de Intervenção didático—pedagógica. ( pelas professoras formadoras).
·         Elaboração do Relatório Final;
·         Introduzir Noções do TCC tendo em vista a escolha do objeto de estudo diante das vivências e saberes apreendidos.

Avaliação: Processual; Elaboração progressiva dos  relatórios. Planejamento e vivência do projeto de Intervenção. Considerar a avaliação da professora do. Espaço de profissionalização. Auto-avaliação.

4º Ano
Análise do Componente Curricular: Prática Pedagógica
EMENTA: Exercício de análise da prática pedagógica escolar. Elaboração do Trabalho de Conclusão do Curso.
OBJETO DE ESTUDO: Sistematizar os conteúdos da formação e da análise da escola-campo.
Eixo Integrador; A prática docente: organização, sistematização..

ANO: 4º
UNIDADE:1 
OBJETIVOS: Estabelecer conexões com as observações e vivências da prática docente e pedagógica e refletir sobre as discussões realizadas na sala de aula. Estruturar o TCC
ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS

1. Prática Pedagógica
·         Discussão sobre o reconhecimento das diferentes práticas observadas, análise e reflexão;
·         Identificação da importância da prática de ensino na construção dos saberes da docência.
2.    Elementos Estruturantes do TCC
·         Definição do tema; objetivos; objeto de estudo;
·         Elaboração da justificativa;
·         Aprofundamento dos princípios e procedimentos de pesquisa.
·         Leitura e aprofundamento do referencial teórico.
·         Construção de sínteses para discussão em pequenos grupos ou com o orientador, num processo de construção do texto argumentativo do trabalho monográfico.
·         Resgate do processo de análises das Entrevistas e ou questionários realizados (se for o caso de serem aproveitados), mas a forma de tratar os instrumentos já foi anteriormente trabalhada.

Avaliação: Processual. Elaboração progressiva do TCC.


ANO: 4º
UNIDADE:2
OBJETIVOS: Aprofundar princípios e procedimentos de pesquisa. Elaborar redação do TCC.

ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS

1.    Organização do TCC
·         Elaboração dos textos que compõem o TCC (referencial teórico, considerações finais);
·         Reflexão e análise sobre os textos produzidos;
·         Discussão c/ o orientador nos encontros prefixados

Avaliação: Processual. Elaboração progressiva do TCC


ANO: 4º
UNIDADE:3
OBJETIVOS: Elaborar o TCC. Construir a estrutura final do TCC.

ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS

1.    Organização do TCC;
·         Revisão do texto elaborado
·         Construção da Introdução e/ou apresentação, índice, agradecimentos, referências

Avaliação: Processual. Elaboração progressiva do TCC.

ANO: 4º
UNIDADE:4
OBJETIVOS: Organizar a estrutura final do TCC atendendo as Normas da ABNT. Apresentar a defesa do TCC.

ORIENTAÇÕES TEÓRICO METODOLÓGICAS

1.    Estrutura final do trabalho de caráter científico (TCC)
·         Revisão da estrutura, da digitação, das referências,
·         Encontro com a orientadora para finalizar os ajustes finais,
·         Correção. Encadernação.
·         Organização da estrutura de defesa do TCC com o orientador.
·         Apresentação e defesa do TCC para a banca constituída cm o mínimo de 3 pessoas.

AVALIAÇÃO: Processual; Elaboração final do TCC. Apresentação e defesa diante da banca examinadora.


REFERÊNCIAS (acrescentaria)

ALARCÃO, Isabel. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. 2ª edição São Paulo; Cortez, 2003.

BATISTA NETO, José e SANTIAGO, Maria Eliete (orgs) Formação de Professores e Prática Pedagógica. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Massagana, 2006.

CHARLOT, Bernard. Relação com o saber, formação dos professores e globalização: questões para a educação hoje. Porto Alegre. Artmed, 2005

CUNHA, M. I. O Bom Professor e sua Prática. Campinas; Papirus, 1989

CANDAU, Vera Maria & LELIS, Isabel Alice. A relação teoria-prática na formação do educador. Tecnologia Educacional. Rio de Janeiro: ABT, 12 (55): 12-18, 1983.

DUSSEL, Inês.  A invenção da sala de aula: uma genealogia das formas de ensinar. São Paulo: Moderna, 2003

GUARNIERE, Regina (org.) Aprendendo a Ensinar: O Caminho suave da docência. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2000.

SEDUC, Secretaria de Educação Cultura e Esportes. Princípios e Concepções para Formação de Docentes-Educação Infantil e anos iniciais do Ensino fundamental do Estado de Pernambuco - Recife, 2006

________. Referenciais Curriculares para o Curso Normal Médio do estado de Pernambuco – agosto / 2006

MEC. Ministério da Educação. Referenciais para a formação de professores. Secretaria de Educação Fundamental. Brasília. A Secretaria, 1999.

LUDKE, Menga & ANDRÉ Marli. Pesquisa em Educação; abordagem qualitativa. São Paulo: EPU , 1986.

NÓVOA, Antonio (coord.) Os professores e sua formação. Lisboa: Portugal: Dom Quixote, 1995

PERRENOUD, Philippe, Práticas Pedagógicas, profissão docente e formação: perspectivas sociológicas Lisboa: Dom Quixote, 1997.

PIMENTA, Selma Garrido (org.) Saberes Pedagógicos e Atividade Docente. São Paulo: Cortez 2002.

ROCHA, Áurea Maria Costa. A Formação de Professores e a Construção dos Saberes da Docência no Curso de Pedagogia da UFPE, 2008. Dissertação (Mestrado Em Educação) Programa de Pós Graduação, Universidade Federal de Pernambuco.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, Rio de Janeiro: Editora Vozes,2002.

ZEICHNER, Kenneth M. A formação Reflexiva de professores: idéias e práticas. Lisboa: Educa e autor, 1993.

ZÓBOLI, Graziella - Práticas de Ensino Subsídios para a atividade docente 11ª edição Ed. Ática.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo!

Seja Bem Vindo!
Volte sempre!